A força da nossa Capoeira

A cada dia que passa me convenço ainda mais da força da nossa Capoeira. Seja nas rodas, na divulgação da cultura brasileira no Brasil e no exterior, seja com o trabalho dos profissionais da Capoeira, que, as vezes com muitas dificuldades, desenvolvem, pelo Brasil afora, um trabalho de inclusão social de crianças, adolescentes, adultos, pessoas da melhor idade e portadoras de deficiência. Leia mais...

Capoeira luta pra regulamentar sua profissão

Camaradas, durante muitos anos a nossa Capoeira vem se destacando em todo o mundo, levando para os mais diversos cantos do planeta as nossas culturas e divulgando, assim o nosso idioma. Mas isto ainda não é reconhecido como deveria pelo poder público constituído, e, muitas das vezes, nem o (a) próprio (a) capoeirista reconhece o valor que tem. Quantos de nós já realizamos grandes eventos de Capoeira; quantos de nós já realizamos ou trabalhamos em um programa social em que utilizamos a nossa Capoeira como forte instrumento de transformação? Com certeza muitas vezes. Leia mais...

Capoeira - esta é a nossa luta!

Estava aqui pensando o que escrever para me despedir do ano de 2011 e aí indaguei: que tal fazer uma retrospectiva dos últimos três anos dedicados a nossa Capoeira? É, acho que seria o ideal, afinal de contas, por causa de nossa atuação, várias foram as conquistas para a Capoeira do Rio de Janeiro. Mas, sem sombra de dúvidas, a maior delas foi o reconhecimento da Capoeira de nosso Estado como Patrimônio Cultural Imaterial do Rio de Janeiro. Leia mais...

CD Sou Rio, Sou Brasil, Sou Arte Sou Capoeira

Lançamos mais uma tiragem do nosso CD Sou Rio, Sou Brasil, Sou Arte, Sou Capoeira. Durante o Encontro Ibero Americano do Ano Internacional dos Afrodescendentes, conseguimos vender 100 unidades, tendo uma ótima aceitação de nosso trabalho por parte dos participantes do encontro. Leia mais...

Capoeira participa do Encontro Ibero Americano dos Afrodescendentes

De 16 a 19 de novembro, aconteceu na cidade de Salvador, na Bahia, o Encontro Ibero Americano do Ano Internacional dos Afrodescendentes. Para a sociedade civil brasileira, a preparação deste encontro se deu na Reunião Preparatória do Movimento Negro para o Encontro Ibero Americano do Ano Internacional dos Afrodescendentes, realizada nos dias 15 e 16 de outubro de 2011, no Instituto Israel Pinheiro, em Brasília. Leia mais...

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Núcleo de Apoio e Desenvolvimento de Capoeira promove seminário em Alagoas

NADEC- NÚCLEO DE APOIO E DESENVOLVIMENTO DA CAPOEIRA- ALAGOAS

Ao longo dos anos, a capoeira tem se mostrado uma grande aliada da escola no tocante ao possibilitar a interação social entre os educandos, mas, mesmo assim ela ainda não conseguiu entrar de fato na escola como parte dela. A partir de 1960, no Brasil, a capoeira vem sendo apresentada no contexto educacional, do ensino fundamental às universidades.

A partir de 1996 com a lei 9394/96 LDB- Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira, com a inclusão dos temas transversais, a capoeira consegue adentrar em alguns espaços escolares simplesmente como atividade extra-classe. O que podemos considerar um grande avanço dentro de uma sociedade preconceituosa e discriminatória com as culturas periféricas. A capoeira entra como atividade prática, rompendo barreiras de forma significativa. Mesmo assim, é nas universidades, onde ela encontra um ambiente fértil para se disseminar e têm sido bastante utilizada como objeto de pesquisa pelas mais diversas áreas do conhecimento. Ademais, já se encontra presente, na condição de componente curricular, em várias universidades brasileiras, com profissionais de várias áreas praticando-a e pesquisando sobre sua origem, importancia e valências.

Outro ponto importante nesse caminho da capoeira para a escola foi a sanção da Lei Federal 10.639/2003 que altera a lei 9394/1996, e dispõe sobre ensino da cultura africana e afro-brasileira nas escolas públicas e privadas do país, e da Lei Estadual 6.814/2007 que trata do mesmo tema a nível do Estado de Alagoas.

Dentro desse contexto, o NADEC- NÚCLEO DE APOIO E DESENVOLVIMENTO DA CAPOEIRA EM ALAGOAS promove no dia 07/03/2009, o PRIMEIRO SEMINÁRIO ALAGOANO DE CAPOEIRA, que tem o objetivo de preparar e qualificar cada vez mais os professores e mestres de capoeira para que os mesmos possam desenvolver suas atividades capoeiristicas nas escolas dentro da proposta pedagógica que cada escola desenvolva. Bem como despertar os capoeiristas para a importância da formação continuada para o bom desempenho profissional.

Neste seminário que terá como tema principal o planejamento de aula, por entendermos que, pedagogicamente, é a partir do planejamento, que podemos ter uma aula de qualidade, com a capoeira não seria diferente. Até mesmo que o planejamento tenha que ser feito para a parte física e para a parte técnica da aula que são os movimentos e seqüências de movimentos.

PRIMEIRO SEMINÁRIO ALAGOANO DE CAPOEIRA

PROGRAMAÇÃO

TEMA CENTRAL:

“A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO PARA UMA AULA COM BONS RESULTADOS”

Professora: MARIA BETÂNIA DE OLIVEIRA (PEDAGOGA)

Professora das redes municipal e estadual de educação, ex-coordenadora do projeto Saber (Educação de Jovens e Adultos) da Secretaria Estadual de Educação, diretora de escola municipal de Maceió.

SUB-TEMA 1:

“O PLANEJAMENTO E A PRÁTICA NAS AULAS DE CAPOEIRA”

CLAUDIO SEVERO (Mestre Claudio dos Palmares), Mestre de capoeira titular do GRUPO QUILOMBO PÔR DO SOL DOS PALMARES, Professor de Educação Física, Massoterapeuta e membro do Conselho de Mestres do Estado de Alagoas

 

SUB-TEMA 2: “JOGOS RECREATIVOS COMO INSTRUMENTO DE ALONGAMENTO E AQUECIMENTO PARA AULA DE CAPOEIRA”

Professora: KÁTIA MARIA DO NASCIMENTO BARROS, Professora de educação física da rede estadual de educação.

LOCAL: ESCOLA PROFESSOR JAYME DE ALTAVILA

AVENIDA PRINCIPAL DA SANTA LÚCIA, PRÓXIMO AO POSTO DE GASOLINA

Maiores informações:

Contatos: nadec_al@hotmail.com

Professor Carlos: (82) 8844-4838; krlos_kpoeira@hotmail.com

Monitor Carlinhos: (82) 8824-6859; carlocepec@yahoo.com.br

Contra mestre Leto: (82) 9381-7765 letopombo@hotmail.com

Cursos nas áreas de turismo e pedagogia formarão profissionais

Os governos do Brasil e de Cabo Verde assinaram nesta quinta-feira, 29, acordo de cooperação para formar profissionais e professores no país africano, especialmente nas áreas de turismo e hospitalidade. O acordo para implementação do Projeto de Fortalecimento Institucional do Instituto de Emprego e Formação Profissional foi assinado no Itamaraty pelo secretário de educação profissional e tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco, pelo embaixador de Cabo Verde no Brasil, Daniel Antonio Pereira, pelo diretor da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), Marcos Farani, e pelo reitor do Instituto Federal de Goiás, Paulo César Pereira.

O projeto, previsto para ser implementado em dois anos, envolverá recursos da ordem de 794 mil dólares, uma parte financiada pela ABC. O Brasil vai estruturar cursos na área de restaurante e bar, técnico em cozinha e pastelaria e recepção e governança. Todos os cursos terão 1.600 horas. Também serão formados professores na área de pedagogia da educação profissional.

De junho de 2007 a março de 2008, foi implementada a primeira etapa do projeto de formação profissional em turismo e hospitalidade em Cabo Verde, capacitando 200 multiplicadores nas ilhas de São Vicente, Santiago, Fogo, Sal e Santo Antão – cinco das dez ilhas que formam o país. Para este curso foram enviados docentes do Instituto Federal de Goiás.

Assessoria de Imprensa da Setec

Fonte: MEC

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

E o pôster de Obama, quem diria, foi parar no Smithsonian

A imagem você está cansado de conhecer, com o mote "Hope" (esperança) em maiúsculas, à guisa de legenda. Virou o ícone da campanha de Barack Obama, imitada e reproduzida em todos os meios e formas. Seu autor é o artista de rua Shepard Fairey, 38. Pois não é que o que nasceu como homenagem espontânea acabou no museu? Na terça, a National Portrait Gallery, do Smithsonian, anunciou que a obra de Fairey vai estar ao lado dos retratos de JFK por Elaine de Kooning, Richard Nixon por Norman Rockwell e George Washington por Gilbert Stuart, entre outros.

Não quero me tornar repetitivo, mas eis mais uma mudança na qual você pode acreditar.

barak_obama

Aliás, o editor de fotografia da Vanity Fair finalmente descobriu qual a foto de Obama deu origem ao pôster. É a abaixo, feita por Jim Young, da Reuters. Foi tirada em 2007, durante uma sessão no Senado dos EUA.

barak_obama_02Fonte: http://sergiodavila.blog.uol.com.br/

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Primeiras cenas de superprodução brasileira sobre capoeira já estão na internet

Os fãs de cinema em geral - e de capoeira em particular - podem começar a especular. Já caíram na internet, através do site You Tube, as primeiras imagens oficiais do filme "Besouro", de João Daniel Tikhomiroff, cotado para ser a maior produção do cinema nacional em 2009 e uma das maiores de todos os tempos. Trata-se da primeira peça promocional do filme - uma co-produção da Mixer, da Globo Filmes e da Buena Vista inspirada na vida de Besouro Mangangá, o maior capoeirista de todos os tempos. O vídeo, de dois minutos, revela um pouco da mirabolante coreografia de lutas do filme, em que os personagens literalmente voam em cena, sustentados por cabos, guindastes e outras técnicas inéditas no cinema brasileiro. 

Veja aqui vídeo promocional de Besouro, publicado no You Tube.

 

Conheça o Blog do Besouro, com informações, fotos e vídeos em tempo real sobre a produção .

Produzida ainda durante os primeiros dias de filmagem, para ajudar no processo de captação de investidores estrangeiros, o vídeo promocional tem narração em inglês e mostra alguns dos principais personagens do filme em ação, em cenas ainda sem edição final e desprovidas de efeitos digitais.

"Besouro" levará para o cinema uma adaptação livre das aventuras sobre o legendário capoeirista, que viveu na Bahia nos anos 20 e, antes de morrer num confronto com a polícia, aos 23 anos de idade, tornou-se uma espécie de símbolo da luta dos negros recém-libertos da escravidão contra a pobreza, o preconceito e a exploração de sua mão-de-obra nas fazendas da região.

Depois de contar em linhas gerais a sinopse do filme, o vídeo que foi parar no You Tube também faz uma pequena apresentação dos profissionais que integram a produção. Além de João Daniel - diretor brasileiro de publicidade recordista de premiações em Cannes, que faz sua estréia na direção de longas - Besouro conta ainda com o diretor de fotografia equatoriano Enrique Chediak, vencedor do prêmio de melhor fotografia em Sundance pelo filme "Hurricane Streets", de Morgam J. Freeman, e com o coordenador de cenas de ação chinês Huen Chiu-Ku, responsável pelas lutas aéreas que encantaram audiências do mundo inteiro no filme O Tigre e o Dragão, de Ang Lee, e Kill Bill, de Quentin Tarantino.

Filmada em locações na Chapada Diamantina e no Recôncavo Baiano, a produção de Besouro contou com mais de 150 profissionais. Além das esperadas cenas de luta aérea, o filme conta também com tomadas subaquáticas, feitas nas águas cristalinas de cavernas submersas e poços da Chapada.

Todo o dia a dia da produção está sendo documentado pelo Blog do Besouro , que traz fotos, vídeos de bastidores e reportagens com o diretor, atores, técnicos e produtores.

Fonte: O Globo

sábado, 17 de janeiro de 2009

Brasil mobiliza-se pela Liberdade Religiosa - Atos em Salvador, POA, Sampa e RJ

AVISO DE PAUTA

Da Sereia de Itapoã, em Salvador ao Largo Zumbi dos Palmares, em POA, passando pelo Rio e São Paulo, religiosos mobilizam-se pela liberdade no Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

SÃO PAULO - SP

DATA: 21/01
HORA: DURANTE TODO O DIA
LOCAL: Ilê Axé Oyá Ogun

Os filhos de santo do babalorixá Flávio de Yansã reúnem-se num protesto silencioso pelo fechamento do barracão pela Prefeitura de Sâo Paulo, em agosto de 2008. A casa foi lacrada pela com alegação de que está situada em zona residencial. Nenhuma outra isntituição religiosa do bairro foi alvo deste tipo de atuação. A casa funciona há 25 anos no mesmo local, com a documentação e legalização toda em dia.
O processo de insconstitucionalidade e a denúncia de intolerância religiosa por parte do município tramitam no TJ-SP e na Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República

Serviço:
Pai Flávio de Yansan - Tel: 11.50718912 / 35424319

SALVADOR - BAHIA

DATA: 21/01
HORA: 9h
LOCAL: Sereia de Itapoã - Salvador

Católicos, evangélicos, judeus, espíritas, umbandistas e budistas unem-se aos filhos de santo de Mãe Gilda - mãe de santo que sofreu enfarte fulminante ao ver sua publicada na Folha Universal com o título de charlatã e cuja a data da morte é lembrada como o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, por força de Lei Federal - para uma grande caminhada em defesa da Liberdade Religiosa, nesta quarta (21/01), às 9h, na Sereia de Itapoã. A caminhada segue pela orla de Salvador em direção a Lagoa do Abaeté. No local, onde localiza-se até hoje casa de Mãe Gilda (Abassá do Ogun), será feito o lançamento da Cartilha Ecológica, além de apresentações culturais e atos religiosos. A pastoral da Juventude e a Arquidiocese de Salvador apóiam o evento.

Aprsentações Culturais
Boloc Afro Malê de Balê

Malezinho
As Ganhadeiras de Itapuã
Grupo de Percurssão e Dança do Terreiro Oxumarê
Serviço:
Mãe Jacyara de Oxum - Tel: 71.32851769 / 88044528

RIO DE JANEIRO - RJ

DATA: 21/01
HORA: 10h
LOCAL: Cine Odeon - Praça da Cinelândia / Centro

Lançamento nacional da Cartilha da Liberdade que vai orientar as polícias no devido enquadramento de crimes de intolerância religiosa. O evento reúne lideranças religiosas, autoridades, artistas e intelectuais num evento pela Liberdade. Presenças confirmadas: Muniz Sodré, Luis Paulo Horta, Denise Tredler (desembargadora, representando o presidente eleito do TJ-RJ, Luis Szveiter), Carlos Vereza e diversos outros artistas.
O evento acontece durante todo o dia e ás 18h terá o lançamento do DVD da I Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa. A entrada é franca e a cartilha e o DVD serão distribuídos gratuitamente.

Serviço:
Comissão de Combate à Intolerância Religiosa
Tel: 21.22733974 / 97958867

PORTO ALEGRE - RS

DATA: 21/01
HORA: 16H
LOCAL: Largo Glênio Peres, Centro - POA

Lideranças religiosas da umbanda e do candomblé reúnem-se ás 16h, Largo Glênio Peres para a I Marcha Estadual Contra a Intolerância Religiosa e Pela Vida. A caminhada está prevista para iniciar às 18h, com saída do Mercado Público (com homenagem ao Bara do Mercado) seguindo pela Borges de Medeiros até o Largo Zumbi dos Palmares, onde acontecerá um ato público. Haverá também uma atividade no Gasômetro, em que religiosos de matriz africana entregarão um presente às divindades das águas.
Neste dia, os religiosos entregarão um Ação de Incosntitucionalidade na Assembléia Legislativa contra uma lei que impede as casas de matriz africana de realizar seus cultos.

Serviço:
Baba Diba de Yemonja: (51) 9986.9719 - 3333.9224 - 3333.9736

Mais informações:
Comissão de Combate à Intolerância Religiosa
Rosiane Rodrigues
Tel: 22733974 / 97958867

Fonte: Comissão de Combate à Intolerância Religiosa

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Em Estância

Professor de capoeira é preso acusado de abusar de crianças e adolescentes
Joelma Gonçalves, do Emsergipe.com, com informações da SSP

A equipe de policias da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Estância, em conjunto com a Delegacia Regional da cidade, prendeu na manhã desta terça-feira, dia 13, Vanderlan Nascimento de Oliveira, conhecido por "Mestre Garrincha", com 36 anos de idade, acusado de ter praticado o delito de Atentado Violento ao Pudor contra alguns adolescentes na cidade de Estância.

De acordo com a polícia, o caso gerou grande repercussão na cidade em virtude de se tratar de um professor de capoeira que dava aulas a crianças e adolescentes gratuitamente, em parceria com um projeto da Unesco.

Segundo informações a delegada Annecley de Souza Araújo, titular da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Estância, Vanderlan ministrava aulas de capoeira aos alunos, a com idade na faixa etária de nove a 13 anos. “Eles freqüentavam a residência dele, onde ocorria a prática delitiva”, adiantou a delegada Anneclay.

Vanderlan prestou depoimento na Delegacia a Grupos Vulneráveis de Estância, onde confessou o crime. Ainda de acordo com a polícia, desde o início de 2008 que o acusado vinha manipulando as crianças e ele vai ficar custodiado na Delegacia de Santa Luzia do Itanhy à disposição da Vara Criminal de Estância, em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

Fonte: Emsergipe.com

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Capoeira Angola movimento o Pelô

"Capoeira Angola – Resistência de um Povo" é o tema do evento que vai apresentar a filosofia, ética, hierarquia e principais diferenças entre a capoeira de Angola e a regional, entre 19 e 24 de janeiro.


O XX Evento da Escola de Capoeira Angola Irmãos Gêmeos, de mestre Curió, é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), através da Fundação Gregório de Matos, e o Ministério da Cultura.


O anfitrião será Jaime Martins, o mestre Curió, que com 71 anos ainda pratica e dá aulas de capoeira. O evento será realizado na Escola de Capoeira Angola, sediada no Pelourinho. Os interessados devem fazer as inscrições através do telefone: 71 3321-0396 ou pelo e-mail mestrecurio@yahoo.com.br.

Fonte: Portal Imbuí

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Morre no Rio Grande do Sul idealizador do Dia da Consciência Negra

Da Agência Brasil1814MC557.image_materia_vertical

Foto: Marcello Casal Jr./ABr

Brasília - O movimento negro gaúcho está de luto. Morreu na noite de quinta-feira (1º), aos 67 anos, o professor, poeta e pesquisador Oliveira Ferreira da Silveira, um dos idealizadores do Dia da Consciência Negra – 20 de novembro, data da morte da morte de Zumbi do s Palmares.

Vítima de câncer, Oliveira Silveira estava internado há 15 dias no Hospital Ernesto Dornelles, em Porto Alegre, e seu corpo foi levado para Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, para ser cremado.

Natural de Rosário do Sul, Oliveira Silveira era formado em letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com especialização em língua francesa, e professor aposentado da rede pública de ensino. Autor de vários livros, ele também foi integrante do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial.

No ano passado, durante as comemorações do Dia Nacional da Consciência Negra, Oliveira Silveira foi entrevistado pela Agência Brasil. Na entrevista, ele explicou por que um grupo de negros decidiu, em 1971, criar uma data para reverenciar Zumbi e o Quilombo do Palmares, em substituição ao 13 de Maio, Dia da Abolição da Escravatura, assinada pela princesa Isabel em 1888:

- Estávamos insatisfeitos com o 13 de maio. Havia um grupo de negros que se reunia na Rua da Praia [no centro de Porto Alegre] e o nosso assunto, invariavelmente, era a questão negra e o fato de o 13 de maio não ter maior significação para nós. Logo, surgiu a idéia de que era preciso encontrar outra data.

A data escolhida foi o 20 de novembro. "Como gostava de pesquisar, aprofundei-me nisso. E encontrei material, cuja fonte era Édison Carneiro, autor do livro O Quilombo dos Palmares, indicando que Zumbi dos Palmares havia sido morto em 20 de novembro [de 1695]. Essa informação foi confirmada no livro As Guerras dos Palmares, do português Ernesto Ennes, no qual foram transcritos documentos. Já que não sabíamos o dia de seu nascimento ou do início de Palmares, tínhamos pelo menos a data da morte de Zumbi, o último rei do Quilombo de Palmares, em Alagoas. Então, promovemos uma reunião, que originou o Grupo Cultural Palmares, cuja idéia era fazer um trabalho para reverenciar Palmares e Zumbi como algo mais representativo que 13 de maio", lembrou Oliveira Silveira.

Em meados dos anos 70, recordou o poeta, a data também começou a ser comemorada em São Paulo e no Rio de Janeiro. No final de 1978, a assembléia do Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial (MNUDR), realizada na Bahia, aprovou o 20 de novembro como dia oficial de celebração da comunidade negra brasileira.

Fonte: Agência Brasil